28 de junho de 2012

Empresas: PORTUGAL TELECOM


O corte de dividendos anunciado ontem, e a emissão de obrigações no valor de EUR 250 mn, permitirão à operadora ficar integralmente financiada até ao final de 2015, mitigando o risco de Portugal não conseguir regressar aos mercados em 2013.