14 de fevereiro de 2013

Empresas: EDP RENOVÁVEIS


A eléctrica nacional intensificou os protestos contra a decisão do governo espanhol de cortar a remuneração da energia eólica, ao anunciar a suspensão de novos investimentos em Espanha.