14 de fevereiro de 2013

Empresas: GALP


A petrolífera nacional admite a possibilidade de reforçar as operações detidas em Angola e Moçambique, sendo que poderá vir a participar nos leilões de exploração e produção de petróleo programados para 2013 em Moçambique, Angola e Brasil.