15 de fevereiro de 2013

INFORMAÇÃO MACRO-ECONÓMICA


Na esfera macroeconómica, destaque na Zona-Euro para a divulgação dos dados referentes ao Produto Interno Bruto da região, que recuou 0,9% no último trimestre de 2012 face ao período homólogo, quando se antecipava uma quebra de 0,7%. Já o PIB YoY da Alemanha avançou 0,1% no 4T12, um valor abaixo das estimativas que apontavam para um crescimento de 0,2%. Por outro lado, a economia portuguesa recuou 3,8% em igual período, mais 0,8% do que as estimativas iniciais. Nos EUA, realce para os pedidos semanais de subsídio de desemprego, que se situaram nos 341.000, abaixo das estimativas que apontavam para 360.000 pedidos.