19 de fevereiro de 2013

Mercados: PORTUGAL


O principal índice accionista português encerrou hoje a sessão em terreno negativo, ao recuar quase meio ponto percentual (-0,45%), uma performance em linha com a generalidade dos restantes índices europeus. A liderar as perdas esteve a Sonaecom, ao desvalorizar 2,96%, num dia em que a Sonae e a France Telecom chegaram a acordo quanto à venda dos 20% de participação que a operadora francesa detinha na tecnológica nacional. Também a Portugal Telecom fechou a sessão em terreno negativo, com os seus títulos a recuarem 1,14%, isto apesar de o seu management ter anunciado que a operadora nacional continuará a investir anualmente 20 a 25% das suas receitas em novos investimentos. Já no sector financeiro, o BPI encerrou a perder 1,08%, sem newsflow específico que assim o justificasse. A impedir uma descida mais expressiva do índice estiveram o BES, a Sonae e a Zon, a avançarem 1,51%, 0,95% e 0,84%, respectivamente, igualmente sem  newsflow relevante que justificasse a sua valorização.